JARDS MACALÉ E JOÃO DONATO

"Artisticamente, como e porque se atribui o status de “lenda viva”? Quais são os critérios? Por que temos essa necessidade de categorizar com essa nomenclatura? Por mais que essa resposta seja subjetiva acredita-se que os principais elementos para tal afirmação residam no legado construído por anos (quiçá décadas) e na atemporalidade da obra, dois quesitos fundamentais, independente da área.

 

Nos dois sentidos, João Donato e Jards Macalé, cada um à sua maneira, são exemplos de como é possível conciliar estas e outras características e souberam construir carreiras de respeito que espelham a própria MPB em si. E, sim, são duas lendas vivas".